10. Imperial College London (Colégio Imperial de Londres)

Detalhes da licença / Autor: User:Friedlicherkoenig

País: Reino Unido;

Numero de estudantes: 16,769;

Numero de estundantes por staff : 11.7;

Estundantes Internacionais: 56%;

Ratio Homem / Mulher : 38 / 62;

É uma universidade pública de pesquisa em Londres. Nasceu da visão do Príncipe Albert de uma área de cultura, incluindo o Royal Albert Hall, o Imperial Institute, vários museus e os Royal Colleges que formariam o colégio. Em 1907, o Imperial College foi estabelecido pela Royal Charter, fundindo o Royal College of Science, a Royal School of Mines e o City and Guilds College. Em 1988, a Imperial College School of Medicine foi formada em parceria com a St Mary's Hospital Medical School. Em 2004, a Rainha Elizabeth II abriu a Imperial College Business School.

A faculdade concentra-se exclusivamente em ciência, tecnologia, medicina e negócios. O campus principal da faculdade está localizado em South Kensington e tem um campus de inovação em White City, uma estação de pesquisa em Silwood Park e hospitais-escola em Londres. A faculdade foi membro da University of London desde 1908, tornando-se independente em seu centenário em 2007. Tem uma comunidade internacional, com mais de 59% dos alunos de fora do Reino Unido e 140 países representados no campus. As afiliações de alunos, funcionários e pesquisadores incluem 14 ganhadores do Nobel, 3 Fields Medalists, 2 ganhadores do Breakthrough Prize, 1 Turing Award, 74 Fellows of the Royal Society, 87 Fellows da Royal Academy of Engineering e 85 Fellows da Academy of Medical Ciências.

História

O primeiro colégio que levou à formação do Imperial foi o Royal College of Chemistry, fundado em 1845, com o apoio do Príncipe Albert e do parlamento. Esta foi fundida em 1853 no que ficou conhecido como Royal School of Mines. A escola de medicina tem raízes em muitas escolas diferentes em Londres, sendo a mais antiga delas a Charing Cross Hospital Medical School, que remonta a 1823, seguida pelo ensino no Westminster Hospital em 1834 e no St Mary's Hospital em 1851.



9. The University of Chicago (A Universidade de Chicago )

Detalhes da licença / Autor: Michael Barera

País: Estados Unidos;

Numero de estudantes: 13,833;

Numero de estundantes por staff : 5.7;

Estundantes Internacionais: 28%;

Ratio Homem / Mulher : 46 / 54;

Dois anos após o fechamento do campus original da Universidade de Chicago em Bronzeville (1857-1886), os apoiadores conseguiram arrecadar dinheiro para um novo local. O novo campus abriu suas portas em 1890, depois que a entidade legal original da universidade foi rebatizada de "The Old University of Chicago". Estabelecido pelo magnata do petróleo John D. Rockefeller, figuras proeminentes do campus de Bronzeville e da American Baptist Education Society, o novo campus foi construído sobre o legado intelectual, social e financeiro da instituição original. William Rainey Harper tornou-se presidente da Universidade de Chicago em 1891 e suas primeiras aulas foram ministradas em 1892. Ela é mista desde sua fundação.

Reformas educacionais importantes foram instituídas durante o mandato do quinto presidente da Universidade, Robert Maynard Hutchins, durante a Grande Depressão e a Segunda Guerra Mundial, incluindo a criação do currículo Common Core da Universidade.

História

Detalhes da licença / Autor: Adam Jones, Ph.D.

A Universidade de Chicago foi fundada por um pequeno grupo de educadores em 1856 por meio de uma doação de terras pelo senador Stephen A. Douglas. As congregações batistas locais garantiram doações para ajudar a financiar parcialmente a construção do elaborado edifício de estilo gótico, chamado Douglas Hall..

Desde o momento de sua fundação, a escola foi marcada pela polêmica devido ao apoio do senador Douglas à escravidão e sua autoria da Lei Kansas-Nebraska. Os esforços iniciais de arrecadação de fundos foram ainda mais prejudicados, já que Douglas sofreu forte fogo durante a corrida para a eleição presidencial de 1860 por sua propriedade de 123 escravos e uma plantação de algodão de 3.000 acres no Condado de Lawrence, Mississippi. Em resposta, os curadores sobrecarregaram ainda mais o terreno para financiar as operações da universidade enquanto canalizavam doações em dinheiro para uma conta separada para o que é hoje a University of Chicago Divinity School (que temporariamente se mudou para um campus separado em Morgan Park antes de voltar à universidade maior em seu atual localização no Hyde Park em 1891).



8. Yale University (Universidade de Yale)

Detalhes da licença / Autor: Ad Meskens

País: Estados Unidos;

Numero de estudantes: 12,402;

Numero de estundantes por staff : 5.4;

Estundantes Internacionais: 20%;

Ratio Homem / Mulher : 50 / 50;

A Yale University é uma universidade particular de pesquisa da Ivy League em New Haven, Connecticut. Fundada em 1701 como Collegiate School, é a terceira instituição de ensino superior mais antiga dos Estados Unidos e uma das nove Colonial Colleges licenciadas antes da Revolução Americana. A Collegiate School foi renomeada para Yale College em 1718 para homenagear o maior benfeitor da escola, Elihu Yale.

Yale está organizada em quatorze escolas constituintes: a faculdade original de graduação, a Escola de Pós-Graduação em Artes e Ciências de Yale e doze escolas profissionais. Embora a universidade seja administrada pela Yale Corporation, o corpo docente de cada escola supervisiona seu currículo e programas de graduação. Além de um campus central no centro de New Haven, a universidade possui instalações esportivas no oeste de New Haven, um campus em West Haven, Connecticut e florestas e reservas naturais em toda a Nova Inglaterra. Os ativos da universidade incluem uma doação avaliada em US $ 30,3 bilhões em setembro de 2019, a segunda maior doação de qualquer instituição educacional na América do Norte. A Biblioteca da Universidade de Yale, atendendo a todas as escolas constituintes, possui mais de 15 milhões de volumes e é a terceira maior biblioteca acadêmica dos Estados Unidos.

História

Fundada pela colônia de Connecticut, a Collegiate School foi fundada em 1701 pelo clero para educar os ministros Congregacionais. Mudou-se para New Haven em 1716 e logo depois foi renomeado para Yale College em reconhecimento a um presente do governador da Companhia das Índias Orientais, Elihu Yale. Originalmente restrito à teologia e às línguas sagradas, o currículo começou a incorporar humanidades e ciências na época da Revolução Americana. No século 19, a faculdade se expandiu para pós-graduação e instrução profissional, concedendo o primeiro PhD nos Estados Unidos em 1861 e se organizando como uma universidade em 1887. As populações de professores e alunos de Yale aumentaram após 1890 com a rápida expansão do campus físico e da pesquisa científica.



7. Harvard University (Universidade de Harvard)

Detalhes da licença / Autor: Picasa

País: Estados Unidos;

Numero de estudantes: 20,823;

Numero de estundantes por staff : 9.2;

Estundantes Internacionais: 24%;

Ratio Homem / Mulher : 49 / 51;

A Harvard College, em torno da qual a Harvard University acabou crescendo, foi fundada em 1636 em Cambridge, Massachusetts, tornando-a a mais antiga instituição de ensino superior dos Estados Unidos.

Por séculos, seus graduados dominaram as fileiras clericais e civis de Massachusetts e, no início do século 19, sua estatura se tornou nacional, depois internacional, à medida que uma dúzia de escolas de graduação e profissionais foram formadas ao lado do núcleo. Historicamente influentes nos papéis nacionais são as escolas de medicina (1782), direito (1817) e negócios (1908), bem como a Escola de Graduação em Artes e Ciências de Harvard (1890).

Desde o final do século 19, Harvard tem sido uma das escolas de maior prestígio do mundo, seu sistema de bibliotecas e de dotação financeira são maiores do que qualquer outra.

História

Com cerca de 17.000 puritanos migrando para a New England em 1636, Harvard foi fundada em antecipação à necessidade de treinar clérigos para a nova comunidade. Harvard foi fundada em 1636 pelo voto do Grande Tribunal Geral da Colônia da Baía de Massachusetts.

Em 13 de março de 1639, a faculdade foi rebatizada de Harvard College em homenagem ao clérigo John Harvard, um ex-aluno da Universidade de Cambridge que havia doado para a nova escola £ 779 libras para a sua biblioteca de cerca de 400 livros.



6. Princeton University (Universidade de Princeton)

Detalhes da licença / Autor: Smallbones

País: Estados Unidos;

Numero de estudantes: 7,983;

Numero de estundantes por staff : 8.1;

Estundantes Internacionais: 25%;

Ratio Homem / Mulher : 45 / 55;

Princeton University é uma universidade privada de pesquisa Ivy League em Princeton, New Jersey. Fundada em 1746 em Elizabeth como o College of New Jersey, Princeton é a quarta instituição de ensino superior mais antiga dos Estados Unidos e uma das nove faculdades coloniais licenciadas antes da Revolução Americana. A instituição mudou-se para Newark em 1747, então para o local atual nove anos depois. Ela foi renomeada Princeton University em 1896.

Princeton oferece ensino de graduação e pós-graduação em humanidades, ciências sociais, ciências naturais e engenharia. Oferece diplomas profissionais através da Escola de Relações Públicas e Internacionais de Princeton, da Escola de Engenharia e Ciências Aplicadas, da Escola de Arquitetura e do Centro de Finanças Bendheim. A universidade também gerencia o Laboratório de Física do Plasma de Princeton do Departamento de Energia. Princeton tem a maior dotação por aluno dos Estados Unidos.

Em outubro de 2020, 69 ganhadores do Prêmio Nobel, 15 medalhados Fields e 14 ganhadores do Prêmio Turing eram afiliados à Universidade de Princeton como ex-alunos, membros do corpo docente ou pesquisadores. Além disso, Princeton foi associado a 21 vencedores da Medalha Nacional de Ciência, 5 vencedores do Prêmio Abel, 5 recipientes da Medalha Nacional de Humanidades, 215 bolsistas Rhodes, 139 bolsistas Gates Cambridge e 137 bolsistas Marshall. Dois presidentes dos EUA, doze juízes da Suprema Corte dos EUA (três dos quais atualmente atuam no tribunal) e vários bilionários vivos e chefes de estado estrangeiros são todos contados entre o corpo de ex-alunos de Princeton. Princeton também formou muitos membros proeminentes do Congresso dos EUA e do Gabinete dos EUA, incluindo oito Secretários de Estado, três Secretários de Defesa e o atual Presidente do Estado-Maior Conjunto.

História

Detalhes da licença / Autor: Cocoloco

Os Presbiterianos da New Light fundaram o College of New Jersey em 1746 em Elizabeth, New Jersey. Seu objetivo era treinar ministros. A faculdade era a capital educacional e religiosa da América Presbiteriana Escocesa. Em 1754, os curadores do College of New Jersey sugeriram que, em reconhecimento ao interesse do governador Jonathan Belcher, Princeton fosse nomeado Belcher College.

Após as mortes prematuras dos primeiros cinco presidentes de Princeton, John Witherspoon tornou-se presidente em 1768 e permaneceu no cargo até sua morte em 1794. Durante sua presidência, Witherspoon mudou o foco da faculdade de treinar ministros para preparar uma nova geração para a liderança secular no novo Nação americana. Para este fim, ele endureceu os padrões acadêmicos e solicitou investimentos na faculdade. A presidência de Witherspoon constituiu um longo período de estabilidade para o colégio, interrompido pela Revolução Americana e particularmente a Batalha de Princeton, durante a qual os soldados britânicos ocuparam brevemente Nassau Hall; As forças americanas, lideradas por George Washington, dispararam canhões contra o prédio para expulsá-los.

Em 1812, o oitavo presidente do College of New Jersey, Ashbel Green (1812–23), ajudou a estabelecer o Princeton Theological Seminary ao lado. O plano de estender o currículo teológico foi recebido com "aprovação entusiástica por parte das autoridades do College of New Jersey". Hoje, a Princeton University e o Princeton Theological Seminary mantêm instituições separadas com laços que incluem serviços como registro cruzado e acesso mútuo à biblioteca.



5. Massachusetts Institute of Technology (Instituto de Tecnologia de Massachusetts)

Detalhes da licença / Autor: InSapphoWeTrust from Los Angeles, California, USA

País: Estados Unidos;

Numero de estudantes: 11,247;

Numero de estundantes por staff : 8.6;

Estundantes Internacionais: 34%;

Ratio Homem / Mulher : 39 / 61;

Instituto de Tecnologia de Massachusetts é uma universidade privada de pesquisa localizada em Cambridge, Massachusetts, Estados Unidos. Fundada em 1861, em resposta à crescente industrialização dos Estados Unidos, o MIT adotou um modelo europeu de universidade politécnica e salientou a instrução laboratorial em ciência aplicada e engenharia.

Os pesquisadores trabalharam em computadores, radares e em sistemas de navegação inercial durante a Segunda Guerra Mundial e da Guerra Fria. A pesquisa de defesa pós-guerra contribuiu para a rápida expansão do corpo docente e do campus sob o comando de James Killian. O atual campus de 68 hectares foi inaugurado em 1916 e se estende por 1,6 quilômetro ao longo da margem norte da bacia do rio Charles.

Até 2015, 85 laureados com o Prêmio Nobel, 52 que receberam a Medalha Nacional de Ciências, 34 astronautas e dois ganhadores da Medalha Fields foram afiliados ao MIT. A escola tem uma forte cultura empresarial e as receitas agregadas das empresas fundadas por ex-alunos do MIT seriam, juntas, classificadas como a décima primeira maior economia do mundo.

História

No início de 1859, a Assembleia Legislativa do Estado de Massachusetts criou uma proposta de uso das terras recém-inauguradas em Back Bay, em Boston, para um museu e um Conservatório da Arte e Ciência. Em 1861, o Estado de Massachusetts aprovou uma carta para a incorporação do “Instituto de Tecnologia de Massachusetts e Sociedade de História Natural de Boston” apresentado por William Barton Rogers. Rogers procurou estabelecer uma nova forma de ensino superior para enfrentar os desafios colocados pelo rápido avanço da ciência e tecnologia durante meados do século XIX com os quais as instituições clássicas estavam mal preparadas para lidar com esse avanço.

O “Plano de Rogers”, como veio a ser conhecido, refletiu o modelo de universidade alemã de pesquisa, destacando uma faculdade independente envolvida na investigação, bem como na instrução orientada em torno de seminários e laboratórios. Rogers propôs que esta nova forma de educação deve ser enraizada em três princípios: o valor educativo do conhecimento útil, a necessidade de "aprender na prática" e integrar a educação artística e profissional liberal a nível de graduação.



4. Stanford University (Universidade de Stanford)

Detalhes da licença / Autor: King of Hearts

País: Estados Unidos;

Numero de estudantes: 16,135;

Numero de estundantes por staff : 7.3;

Estundantes Internacionais: 23%;

Ratio Homem / Mulher : 43 / 57;

A Universidade Stanford é uma universidade de pesquisa privada situada em Palo Alto, Califórnia, Estados Unidos, e uma das instituições mais prestigiadas do mundo, com a maior seletividade de graduação e a posição de primeira colocada em várias pesquisas e medições no país.

História

Em outubro de 1892, a Universidade Stanford abriu suas portas no Estado da Califórnia, na região conhecida como Palo Alto, em memória do filho dos fundadores, o casal Leland e Jane Stanford, que faleceu com apenas 15 anos de febre tifoide quando passavam férias em Florença, na Itália. Além de parte significativa de seus recursos financeiros, dedicaram a Stanford parte da fazenda em que residiam

Desde então, a universidade cresceu, não apenas em número de alunos e funcionários, mas também em material acadêmico e docente, para oferecer aos seus alunos a melhor educação e situar-se entre as cinco universidades mais prestigiosas dos EUA. Em 2017 a instituição possui um total de 16.430 discentes matriculados (contra 555 no seu ano de fundação) e um orçamento anual de ultrapassa os 7 bilhões de dólares.



3. University of Cambridge (Universidade de Cambridge)

Detalhes da licença / Autor: Andrew Dunn

País: Reino Unido;

Numero de estudantes: 18,978;

Numero de estundantes por staff : 10.9;

Estundantes Internacionais: 37%;

Ratio Homem / Mulher : 47 / 53;

A Universidade de Cambridge é uma tradicional instituição de ensino superior pública que localiza-se na cidade de Cambridge (Reino Unido).

As universidades de Cambridge e Oxford são rivais na aspiração a serem a melhor universidade do Reino Unido. Ambas produziram uma grande proporção dos mais proeminentes cientistas, escritores e políticos do mundo ocidental. Cambridge produziu mais vencedores de Prémio Nobel (82 no total) do que qualquer outra universidade do mundo. Muitos dos homens que mudaram a história da Física obtiveram seus diplomas por Cambridge, incluindo Isaac Newton, James Clerk Maxwell, John Joseph Thomson, Ernest Rutherford,Stephen Hawking e Paul Dirac. Outras personalidades históricas ilustres associadas à universidade incluem o naturalista Charles Darwin, o economista John Maynard Keynes, o filósofo e matemático Bertrand Russell e o matemático Andrew Wiles.

História

É a segunda universidade mais antiga ainda em funcionamento do país, fundada no ano de 1209. Porém o rei Henrique III concedeu-lhe o monopólio do ensino apenas em 1231.



2. California Institute of Technology (Instituto de Tecnologia da Califórnia)

Detalhes da licença / Autor: CalTech

País: Estados Unidos;

Numero de estudantes: 2,240;

Numero de estundantes por staff : 6.4;

Estundantes Internacionais: 30%;

Ratio Homem / Mulher : 34 / 66;

O Instituto de Tecnologia da Califórnia é uma universidade norte-americana privada localizada em Pasadena, no estado da Califórnia, Estados Unidos.

Sendo uma das primeiras universidades do mundo em pesquisa, a Caltech mantém uma forte ênfase e tradição nas ciências naturais e engenharia. Também possui e administra o Laboratório de Propulsão a Jato (Jet Propulsion Laboratory, o JPL), que é um complexo autônomo de voos espaciais, responsável pelo projeto e operação da maioria das sondas da NASA.

História

Embora tenha sido fundada como uma escola preparatória e profissional por Amos G. Throop em 1891, o colégio atraiu cientistas influentes como George Ellery Hale, Arthur Amos Noyes, e Robert Andrews Millikan no início do século XX. As escolas de formação profissionais e de preparação foram desmanteladas e desmembradas em 1910, e a faculdade assumiu seu nome atual em 1921. Em 1934, a Caltech foi eleita para a Associação de Universidades Americanas, e foram estabelecidas os antecedentes do Jet Propulsion Laboratory da NASA, que a Caltech continuava a gerir e operar, entre 1936 e 1943 sob Theodore von Kármán.



1. University of Oxford (Universidade de Oxford)

Detalhes da licença / Autor: Michael D Beckwith

País: Reino Unido;

Numero de estudantes: 20,664;

Numero de estundantes por staff : 11.2;

Estundantes Internacionais: 41%;

Ratio Homem / Mulher : 46 / 54;

Universidade de Oxford é uma instituição de ensino superior pública situada na cidade de Oxford. É a mais antiga universidade do mundo anglófono e a segunda mais antiga da Europa. Sem data certa de fundação, existem evidências de ensino no local desde o ano de 1096.

A universidade é composta por várias instituições, incluindo 39 faculdades e uma grande variedade de departamentos académicos organizados em quatro divisões. Todas as faculdades têm administrações próprias que controlam a sua estrutura e atividades internas. Uma vez que a universidade se encontra numa cidade, não possui um espaço central, mas antes vários edifícios espalhados pelo centro da cidade.

A Universidade de Oxford é membro do Grupo Russell, que reúne 24 universidades de investigação intensiva. Também é integrante do grupo Golden Triangle de universidades britânicas de elite, em conjunto com a Universidade de Cambridge, University College London, Imperial College London, e London School of Economics. É membro do LERU (Liga de Universidades Europeias de Pesquisa) e do Europaeum. A universidade opera a maior editora universitária do mundo e tem o maior conjunto de bibliotecas do Reino Unido. Entre os seus ex-alunos, a Universidade de Oxford conta com 50 vencedores do prémio Nobel, 28 Primeiros-Ministros Britânicos (a mais recente é Boris Johnson) e vários Chefes-de-Estado estrangeiros.

História

Detalhes da licença / Autor: Gts-tg

A partir de 1167, quando o rei Henrique II proibiu os estudantes ingleses de frequentar a Universidade de Paris, ocorreu uma rápida expansão da Universidade de Oxford. Após várias disputas entre os estudantes e os habitantes da cidade de Oxford, em 1209 alguns académicos decidiram mudar-se para Cambridge onde criaram o que se tornaria a Universidade de Cambridge. As duas "universidades antigas" são frequentemente apelidadas de "Oxbridge" e têm uma longa história de rivalidade.



Fonte: https://www.timeshighereducation.com/world-university-rankings/2020/world-ranking#!/page/0/length/25/sort_by/rank/sort_order/asc/cols/stats

Ver mais ( Os 10 cursos mais difíceis do mundo em 2020)

Postagem Anterior Próxima Postagem